SEI – Sistema Eletrônico de Informações

O SEI – Sistema Eletrônico de Informações é um sistema utilizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) para gerenciar eletronicamente seus documentos e processos.

Desenvolvido em software 100% livre, pelo Tribunal Regional Federal – TRF da 4ª região (RS/SC/PR), ele foi adotado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão como sistema padrão do Processo Eletrônico Nacional, que vai permitir a interligação e tramitação eletrônica de documentos e processos entre os órgãos e entidades da Administração Pública Federal.

A implantação do SEI atende ao Decreto nº 8.539, de 08 de outubro de 2015, que dispõe sobre o uso do meio eletrônico para a realização do processo administrativo no âmbito dos órgãos e das entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional.

Desde o dia 26 de junho de 2017, ele está em funcionamento na sede de Ibram, em Brasília, e a partir do mês de agosto, estará em funcionamento também nos museus vinculados ao Instituto.

O SEI tem como principais funcionalidades o compartilhamento da informação em tempo real, controle de prazos e estatísticas e a diminuição do tempo do trâmite de processos. Sua utilização promove não só uma melhoria na qualidade de vida no trabalho, pois facilita a criação e pesquisa de documentos e agiliza a comunicação administrativa, mas também promove uma maior eficiência administrativa.

Os usuários externos também poderão visualizar processos públicos de seu interesse, mediante cadastro prévio, que deverá ser solicitada aqui.